sexta-feira, novembro 02, 2007

O Comentário de afs

Qualidade superior numa vitória arrancada a ferros ...

Boavista FC 3 – FC Porto 4 em Juvenis

Jogo desenrolado nas boas instalações do Grupo Desportivo Leça Balio, numa manhã fria mas com muito sol. Excelente tempo para a prática da modalidade.


1ª parte - O FC Porto apresentou-se no seu 4x3x3 habitual, mas com umas novidades nas variantes tácticas.

Baliza: Rafa
Defesa: Paulinho, Zé Pedro, Ramon e Branco
Meio campo: Claro, Sergio Oliveira e Amorim
Avançados: Caetano, Filipe e Cardoso

Em processo ofensivo, a equipa passava para o 3x4x3, o Ramon subia para a posição 6, o Sergio fazia o lugar interior direito, o Amorim a interior esquerdo, o Caetano na posição 10, e na frente Claro na esquerda, Filipe no centro e Cardoso na direita. Neste esquema, o Caetano, o Amorim e o Claro eram quem tinha mais mobilidade. No caso das habituais deambulações do Amorim era ao Sergio que cabia a responsabilidade de fazer as respectivas compensações. O Caetano e o Claro trocavam com frequência de posição, com o Caetano a aparecer muitas vezes encostado à linha e o Claro a flectir para zonas interiores em apoio ao Filipe.
A equipa entrou praticamente a perder. Uma distracção do Paulinho permite que um homem ganhe posição nas suas costas num lançamento lateral, consegue o cruzamento com o Ramon a efectuar um corte incompleto que coloca a bola nos pés do avançado contrário que não se fez rogado e fez o primeiro golo.
A primeira parte a equipa não acusou o golpe e praticou um futebol de enorme qualidade. A excelente qualidade técnica dos seus executantes permitia saidas das zonas de pressão com enorme classe, através de triangulações a 1 ou 2 toques e trocas de bola rápidas com mudanças de flanco a equipa conseguiu um futebol vistoso de supremacia absoluta em todas as fases do jogo. O Zé Pedro fez o empate através da marcação de um castigo máximo a penalizar uma falta dentro da área sobre o Caetano. O Amorim fez o segundo golo, depois de já ter enviado uma bola à barra. No segundo golo do Boavista, o ala esquerdo ganha novamente a linha de fundo e cruza para o 2º poste, o avançado amortece para a zona frontal com o PL do Boavista a fazer o segundo golo perante a passividade de toda a defensiva dos forasteiros. O Boavista fez 3 remates à baliza na primeira parte e fez 2 golos.

O FC Porto podia ter feito mais golos através do Filipe, e após boa iniciativa individual do Caetano em que defensor faz o corte no último instante e do Claro após se ter desenvencilhado do seu marcador directo puxa a bola para o seu pior pé e remata muito ao lado.
Ao intervalo o empate a 2 era muito lisonjeiro para o Boavista tal foi a superioridade dos forasteiros. O problema é que a equipa jogou muito, desgastou-se imenso, meteu muita intensidade no jogo e em termos de resultado essa supremacia não se notava. Tanto futebol tem que dar pelos 2 golos de diferença no resultado. Na segunda metade alguns jogadores acusaram o desgaste.

2ª parte – O FC Porto entrou mal no jogo. O Boavista agora ao sabor de algum vento que se fazia sentir entrou a pressionar. O nosso meio campo começou a perder o fio de jogo e a quebrar fisicamente. A defesa nunca conseguiu acertar nas marcações e o ala esquerdo do Boavista deu água pela barba ao Paulinho. Um pouco contra a corrente do jogo, um lançamento longo isola o Caetano e este com a classe habitual faz um chapéu de belo efeito ao redes adversário e estava feito o 3-2. O Boavista não baixava os braços e continuava a criar perigo, principalmente pelo seu ala esquerdo (muito veloz) e pelo PL (muito possante fisicamente e nada mau tecnicamente), com vários cruzamento da linha de fundo com a bola a passar à frente da baliza sem que ninguém encostasse para golo. Houve 2 golos anulados ao Boavista, um por fora de jogo e outro por carga sobre o Rafa. Houve um outro lance de carga clara sobre o Rafa, que não deu golo por sorte e o arbitro nada assinalou. O Boavista chegou ao empate após um lance em que os centrais ficaram à espera do fora de jogo e o PL do Boavista mais expedito ganhou posição e facturou. Entretanto tinha entrado o Hugo para o lugar do Zé Pedro e após o empate o Dias substituiu o Ramon que apresentava problemas fisicos, passando o Sergio a formar a dupla de centrais com o Hugo. O Dias ocupou a posição 6 e passados poucos minutos e numa jogada de transição rápida fez o 4º tento através de um remate à entrada da área. Logo a seguir o Luis Paulo substituiu um esgotado Amorim tendo como objectivo segurar o resultado. O jogo passou por uma fase de bola cá bola lá com o FC Porto a desperdiçar também algumas boas oportunidades de golo, através de Claro (por 2 vezes), Filipe e Caetano. Nesta 2ª parte o Boavista foi mais pressionante e criou mais oportunidades de golo. O FC Porto acusou o desgaste da primeira parte, o meio campo quebrou claramente, a defesa nunca conseguiu controlar os atacantes do Boavista e as substituições tardaram a ser efectuadas. A vitória aceita-se porque no computo das 2 partes o FC Porto acabou por ser ligeiramente melhor, pois na 1ª parte foi de longe muito superior ao Boavista, enquanto na segunda, o Boavista embora melhor que o FC Porto nunca conseguiu ter o domínio categórico que o FC Porto teve na primeira.


Do Boavista destaco 2 jogadores. O ala esquerdo (velocidade) e o pretito que joga a PL (força com técnica), excelentes jogadores.

Positivo
1) Qualidade técnica global da equipa, jogadas de fino recorte técnico, boas movimentações colectivas com personalidade e muita classe.
2) Posse de bola, domínio e controlo de jogo na primeira parte
3) Quantidade de oportunidades de golo criadas

Negativo
1) A equipa partiu-se claramente na segunda parte. Meio campo rebentou, desguarneceu a defesa e esta nunca acertou nas marcações.
2) Falta de eficácia. Tamanho domínio deve ser traduzido em resultado desnivelado.
3) Num plantel desta qualidade, e num banco como o FC Porto tem, não percebo porque se demorou tanto a refrescar a equipa quando se notou claramente que o meio campo não estava a conseguir acompanhar o ritmo imposto pelo adversário.

Análise individual
Rafa
– Esteve seguro nas suas intervenções. Houve 2 ou 3 lances em que me pareceu demorar um pouco a sair dos postes. No 3º golo teve uma hesitação, entre vou eu ou vai o central. Teve uma excelente intervenção quando um boavisteiro lhe apareceu isolado pela frente. (3)

Paulinho – Em termos ofensivos esteve bem. Embora o sistema táctico de 3 defesas o impedisse de subir tanto como gosta, fez-lo pontualmente e quase sempre bem. Em termos defensivos, nunca acertou a marcação e grande parte do perigo do Boavista veio sempre do seu lado. A seu favor teve o facto de não ter tido grande apoio, quer nas dobras pelos centrais quer do Cardoso. (2)

Zé Pedro – enquanto na primeira parte decorreu de forma mais ou menos pacifica, embora no 2º golo do Boavista apeteça perguntar onde andavam os centrais, foi no 2º tempo que as coisas complicaram. Houve fases do jogo que andaram autenticamente às aranhas. O Zé tem que ser mais autoritário nas bolas altas, não me lembro de ter ganho um lance ao PL adversário. (2)

Ramon – esteve tácticamente bem e participou activamente nos processos de construção de jogo. Como o seu colega de posição teve algumas distrações importantes como no primeiro golo do Boavista. Na segunda parte não escapou incólume ao descalabro defensivo até ser substituido quando acusou o desgaste despendido na 1ª parte. (2)

Branco – foi o melhor do quarteto defensivo. Esteve bem defensivamente e sempre que subiu fez-lo quase sempre bem. Complicou um ou outro lance na segunda parte mas esteve uns furos acima dos seus colegas de sector. (3)

Sergio – na primeira parte foi dos melhores. Simplicidade de processos e posicionamento táctico foram os seu pontos fortes. Na segunda parte baixou o seu desempenho e acabou o jogo a central. (3)

Amorim – fez uma primeira parte muito boa. Jogador cerebral e que empresta muita qualidade ao jogo da equipa. Deambulou por toda a largura do terreno, e da sua inspiração depende grande parte do jogo da equipa. Era um candidato a MVP se não tivesse baixado tanto de produção na segunda parte. Devia ter sido substituído mais cedo. (3+)

Claro – jogador veloz e que cria desequilíbrios com relativa facilidade. Esteve muito perdulário, pois teve pelo menos 3 boas ocasiões para marcar. Apareceu bem quando a equipa mais precisou na segunda parte e especialmente nas transições rápidas. (3)

Caetano – tecnicamente é dos jogadores mais evoluídos que conheço. Bem a segurar a bola, bem a triangular e bem a desequilibrar. Foi dos seus pés que saíram a maioria das rupturas junto da defensiva contrária. Fez um grande golo e sofreu uma grande penalidade. (4)

Cardoso – Fez uma boa primeira parte. Meteu sempre velocidade no jogo. Foi responsável por grande parte das jogadas de transição rápida. Na segunda parte, nunca conseguiu entrar completamente no jogo e permitiu algumas vezes o 2 contra 1 junto do Paulinho. (3)

Filipe – Nas triangulações esteve bem ao tabelar com os colegas nas zonas à entrada da grande área, mas esteve demasiado intermitente no jogo. Deve participar de forma mais continuada nos momentos de construção. Desapareceu um pouco do jogo na 2ª parte. Teve 2 ocasiões para marcar. (2+)

Hugo – Entrou para o lugar do Zé Pedro e revelou as mesmas dificuldades em controlar os movimentos do adversário directo. Teve uma hesitação no 3º golo do Boavista. (2)

Dias – entrou bem no jogo, impondo a sua capacidade fisica nos lances divididos. Fez o golo da vitória numa transição rápida com um remate à entrada da área. (3)

Luis Paulo – no pouco tempo que esteve em campo ajudou a segurar o resultado. (-)

MVP: Caetano

afs

27 Comments:

Blogger Madjer said...

afs,
Pareceu-me que está implementado o modelo que os Juniores têm vindo a praticar- 4x3x3 a defender que se transforma em 3x4x3x a atacar.
Parece-me, no entanto, que o Ramon não é o Tengarrinha dos Juvenis.
Com isto quero dizer que os modelos de jogo, quando passam do papel para o terreno, dependem muito das caracteristicas dos jogadores.
Muita da confusão defensiva, da quebra do meio campo e do não flanqueamento do jogo deve-se ao novo dispositivo e á inadequação ou ainda falta de rotina de alguns jogadores.
Por um lado, os centrais sentem-se inseguros nos contra-ataques adversários, porque 1 nunca está presente.
Os laterais Paulinho e Branco que, como tem sido referido têm grande tendência ofensiva, ficam claramente manietados, raramente podendo apoiar o ataque criando roturas na defesa contraria.
Cardoso rende mais numa posição mais interior.
Nota-se que a equipa ainda não assimilou os processos de jogo, veremos se o conseguirá fazer.
Ultima nota para os efeitos desta alteração - o FCP sofreu mais golos neste jogo, 3 do que em todas as 8 jornadas anteriores.
Por fim a minha discordancia quanto ao MVP.
Para mim, foi Amorim, embora a escolha de Caetano não desmereça.
Amorim jogou e fez jogar, marcou e enviou uma bola á barra, fez um belo jogo

1:02 da tarde  
Anonymous afs said...

Caro Madjer, para quando um comentário teu aos jogos? Gostei muito deste teu comentário. Confesso que na escolha do MVP hesitei entre o Amorim e o Caetano. Escolhi o Caetano porque sofreu um penalty, marcou um golo e foi mais consistente ao longo dos 80 m. Mas se a escolha for Amorim também está bem. Já agora porque não experimentar o Dias na "posição do Tenga"?

2:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

PRETO É COR, NEGRO É RAÇA...DESCULPE AFS, MAS QUANDO SE REFERIR AO PL(ISMAEL)DIGA NEGRITO E NÃO PRETITO

MAIS UMA VEZ EXISTE NESTE BLOG AFIRMAÇÕES XENÓFOBAS, CONCLUO QUE ACIMA DO FCP SÓ DEUS, DESCULPE-ME MADGER, MAS NÃO É ASSIM QUE CONSEGUE UM BLOG SÉRIO...

SE ALGUÉM VIU ESTE JOGO, CHEGARÁ AS MESMAS CONCLUSÕES, NÃO FORA O ÀRBITRO O FCP NÃO TERIA GANHO.

RESULTADO JUSTO 7 - 4

EXPLICO:

2 GOLOS ANULADOS (MAL ANULADOS)
2 FALHADOS PELO RUI CARVALHO À BOCA DA BALIZA

+ 3 MARCADOS PELO BOAVISTA

7 - 4

3:24 da tarde  
Blogger Madjer said...

afs, és muito simpático mas eu não me sinto com competencia para mais do que aquilo que tenho escrito.
Eu não percebo nada de futebol, sou apenas um apaixonado pelo futebol JOVEM que fui aprendendo a ver, VENDO.
Eu, ao contrário do que tu fazes, não consigo ir aos pormenores técnicos e tácticos.
Apenas apanho o que "entra pelos olhos dentro", sou um MAU TREINADOR DE BANCADA.
O que me leva a ver os jogos é gostar de ver miudos com idades entre os 8 e os 18/19 que jogam, divertem-se e andam, por isso longe das drogas & companhia.
Eu limito-me a mandar uns BITAITES, de qualidade DUVIDOSA, e ás vezes mal entendidos.
Comentar, é uma tarefa de grande responsabilidade que exige conhecimentos e coerencia de analise de um ponto de vista global, o jogo como um todo, onde encaixam as individualidades, percebendo que os jogadores estão a jogar num todo, cujo "maestro" é o treinador.
Eu tento não me esquecer que aquilo que estou a ver é o que o treinador quer por em campo.
Satisfeita a minha VAIDADE, vou passar ao Dias, antes que o EGO inchado, estoure.
O Ricardo Dias era bem capaz de fazer esse lugar com maior rendimento.
É um jogador muito possante, e não devemos esquecer que é o mais alto da equipa, bom técnicamente, cumpridor tácticamente e com muito mais maturidade e experiencia do que o Sérgio ou o Ramon.
É presença habitual da selecção nacional onde tem sido titular, tendo estado presente no I mini-torneio de apuramento para o Europeu de sub-17, onde para além dele o FCP apenas contou com o Pedro Branco.
Respondendo á tua pergunta - Sim, porque não?

3:43 da tarde  
Blogger Madjer said...

Ao anónimo quew acusa o blog de XENOFOBIA:
Em momento algum o afs foi ofensivo para o ISMAEL, nunca atentou contra a sua condição humana, social ou o que quer que seja.
Não pôs em causa a sua honra , como pessoa ou como futebolista.
Isso do PRETO e NEGRO, não passa de uma convenção sem qualquer valor objectivo.
Este blog não é RACISTA, XENÓFOBO, ou outra treta qualquer.
É um blog sobre as equipas de formação do FUTEBOL CLUBE DO PORTO, não do bfc, slb, scp ou qualquer outro.
Aqui damos a nossa visão, necessáriamente portista, AZUL e BRANCA, como me propuz desde o inicio.
Para dar opiniões externas, recorro aos jornais, JN e Norte Desportivo, neste caso, e nenhum deles partilha da sua opinião.
Dizer que deviam ter ganho 7 a 4 porque houve
"2 GOLOS ANULADOS (MAL ANULADOS)
2 FALHADOS PELO RUI CARVALHO À BOCA DA BALIZA"
é ridiculo porque:
Os golos foram bem anulados e o 3º do Ismael talvez tambem o devesse ser.
Quanto aos golos falhados pelo Rui, se és boavisteiro e dizes isso, estás só a chamar "incompetente" e mau jopgador ao miudo que, para ti, falhou de forma tão escandalosa que tu até contabilizavas isso como golos, embora eu ache o Ruizinho um bom jogador, ao contrário de ti.
Lamento, mas não concordo, aceitaria o empate, mas nem a vitória vocês mereciam, 7 a 4 é um perfeito DELIRIO.
Não te esqueças que o Amorim rematou á barra, isso para ti é o quê?, 3/4 de golo?

4:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais uma vez a tua visão com palas, todos os presentes, incluindo os pais do teu clube acharam os golos mal anulados, pena é o Apito Dourado não passar do papel.

Tantos telefonemas houveram antes do jogo. Porque é que o arbitro é do Porto, será só coincidência?

4:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Só fica a faltar o strike, com a sua visão facciosa, esperamos para ver!!!!

4:33 da tarde  
Blogger Madjer said...

Isso é o chamado complexo de "ORFANDADE LOUREIRISTICA"
O bfc, dos Loureiros ser "comido" por telefonemas para o arbitro.
Vocês ainda falam de apito dourado?
Não te lembras como o bfc conquistou o campeonato de séniores á uns anitos, e de como vai ganhando outros jogos, da influencia na AFP, do escandalo da convocatória para o Eixo Atlantico em futebol de 7?
no teu lugar era mais recatado, e não me queixava tanto, porque nao te esqueças que esta equipa maravilha nao se anda a portar muito bem...

4:37 da tarde  
Anonymous Neutral said...

1º Parabéns pelo Blog. É,sem dúviuda alguma,dos melhores (a nível mundial)!

2º Os comentários do "afs" são uma mais valia para o blog!

3º Os golos anulados ao Boavista... só quem tem umas "pálas" a impedir a visão lateral, como os burros (desculpai-me o termo), é que só vê num sentido. Isso não é desporto, já é burrice!!
No mundo do futebol também há regras, entre as quais, as que justificam o porquê do penalty, o libre indirecto e a anulação desses dois golos do Boavista.

4º Para mim os melhores em campo:
FCP - Amorim
Boav. - Ismael

5º Parabéns aos vencedores (equipa toda)!

4:39 da tarde  
Blogger Madjer said...

Até nem é mau meteres todos no mesmo barco.
Por mim, não me sinto insultado, muito pelo contrário, sinto-o como um ELOGIO, associares-me a pessoas que gostam do mesmo que eu, e me têm ajudado aqui a manter o blog.
Obrigado

4:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

És muito despeitado, não fales do que não sabes, a convocatória do eixo do atlantico existiu porque vocês tinham que ir de férias, provavelmente para as Ilhas Cayman, depositar o dinheiro sujo que angariaram sabe-se lá como!!!

4:42 da tarde  
Blogger Madjer said...

Obrigado ao "NEUTRAL", apesar do exagero.

4:42 da tarde  
Blogger Madjer said...

Despeitado, quer dizer "SEM PEITO"?
É verdade não tenho peito.
Essa convocatória, foi muito certa, por ter posto a equipa a jogar o que sabe - futebol de 7, porque quanto ao de 11 estamos conversados.
As ilhas Cayman foram na Corunha, o "dinheiro sujo", não chegou ao DRAGÃO, porque deve ter encalhado para os lados do bessa.
O teu clube não consegue melhores resultados porque..... tu sabes do que estou a falar....

4:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

de anónimo para anónimos, GANHOU o MELHOR.
Empate? Não... Nunca.Os golos foram, e bem, anulados. Mesmo o terceiro do Boavista, fora de jogo a 2m, tinha que ser anulado.

4:47 da tarde  
Blogger Madjer said...

Gostei da tua sintese.
Concordo, é perfeita.

4:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Isto de escreveres com o nome "Neutral" até tem piada, mas já não enganas ninguém.

Escusas de inventar nomes toda a gente sabe o que fazes.

4:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Joguem sem arbitros e depois vemos quem ganha.

4:51 da tarde  
Anonymous Neutral said...

Garanto 100%(!!!) que não sabes quem eu sou.
E ao escreveres que toda a gente sabe o que faço, só provas, que não sabes nada... mesmo nada!!
Então,porquê dar-te "ouvidos"?

Quando afirmo que este é um dos melhores blogs a nivel mundial (em Portugal juntamente com o Lusofutebol):
É pela simplicidade, humildade e "informação". Mesmo fora do país, é bom saber onde dar uma espreitadelazinha...

5:49 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Anónimo disse...
Joguem sem arbitros e depois vemos quem ganha.


Neste caso ganhava o FCP 4-2, tás mais contente assim!?

5:52 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Anónimo disse...
Joguem sem arbitros e depois vemos quem ganha.


Neste caso ganhava o FCP 4-2, tás mais contente assim!?

5:52 da tarde  
Blogger Madjer said...

Obrigado, neutral por aqui vires dar e partilhar a tua opinião.
Já ouviste falar em "atirar o barro á parede" ?
É o que muitos andam por aqui a fazer.
Volta sempre.

5:53 da tarde  
Blogger Madjer said...

Sem árbitros devia ser engraçado.
E no fim em quem é que vocês boavisteiros iam descarregar a FRUSTRAÇÃO e o ÓDIO?
Em quem é que vocês boavisteiros iam CUSPIR?
Com árbitros é melhor, pelo menos vocês boavisteiros têm alguem a quem CULPAR.

5:56 da tarde  
Anonymous strike said...

ao anonimo da 4.33 ...só quero dizer que por respeito ao madjer não te respondo como queria!!! mas fica para outra vez!! tu andas á procura de qualquer coisa e eu sei o que é !! depois digo-te!!...já agora alguma vez aqui fiz considerações sobre a equipa A do F.C.P?
és mesmo tosco anonimo!
ainda bem que és um caso sem remédio!!

7:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Creio que a nivel individual o boavista é melhor que o porto mas quem pos aquele treinador a treinar aquela equipa do boavista brincou e hipotecou a possibilidade de um titulo!
... ai aquela equipa do bfc nas maos do treinador do porto...

1:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se achas isso espera ate veres o porto de amanha e depois talvez possas dizer alguma coisa

12:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

afs parece que gosta desta confusao....

3:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Então ninguem fala do golo do caetano, que estava em fora de jogo +/- 1mts, e o penalty que não era, sabem porque? apreciem como corre o caetano, com os pés para dentro, julgo não ser necessário dizer mais...

10:46 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home