sexta-feira, junho 01, 2007

Sub-18



Sub-18 insuperáveis
A Selecção Nacional Sub-18 assumiu, esta quinta-feira, a liderança isolada do Torneio Internacional de Lisboa, depois de levar de vencida a Finlândia, por 5-1, na segunda jornada da competição. Na outra partida do dia, os Estados Unidos bateram a Noruega por 3-2 e subiram ao terceiro lugar da classificação, em igualdade de pontos (três) com a Finlândia. Portugal lidera a tabela com seis, enquanto a Noruega ainda não pontuou.
Curiosamente, e à imagem daquilo que aconteceu na partida de ontem com a Noruega, também esta tarde a Equipa das Quinas teve de virar uma desvantagem de um golo para, depois, alcançar um triunfo confortável.

Adrien Silva (45'), André Santos (65'), Tiago Cintra (67'), André Carvalhas (83') e Raviola (90') responderam da melhor forma ao tento inaugural, apontado por Riku Riski (41').

Para António Violante, a vitória lusa não sofre contestação, mas o Treinador Nacional não esquece a réplica dada pelo conjunto nórdico. “O jogo foi pautado, na primeira parte, por uma toada de equilíbrio, embora Portugal tenha detido sempre o controlo da partida. Num erro defensivo acabámos por sofrer um golo, mas já perto do intervalo alcançámos o empate. Na etapa complementar, continuámos a exercer maior domínio e fomos premiados com um grande golo do André Santos. A partir daí, a Finlândia subiu no terreno em busca do empate e tivemos o mérito de saber aproveitar os espaços que os finlandeses foram abrindo. Os nossos atletas deram, então, largas à sua qualidade e foram construindo uma vitória robusta e justa”.
No próximo sábado, Portugal e Estados Unidos encontram-se no Estádio 1º de Maio (INATEL), em Lisboa, pelas 11h30. No mesmo local, duas horas antes, será a vez de Finlândia e Noruega lutarem pelos pontos em disputa.
Ficha de jogo

Torneio Internacional de Lisboa (2ª jornada).

Estádio 1º de Maio, no INATEL, em Lisboa.

Ao intervalo: Portugal 1-1 Finlândia. Resultado final: Portugal 5-1 Finlândia.

Árbitro: Svein-Erik Edvartsen (Noruega). Árbitros Assistentes: Antti Munuka (Finlândia) e Ricardo Santos (Portugal). 4º Árbitro: José Lima (Portugal).

PORTUGAL: André Martins; Valter Fernandes, André Pinto, Adrien Silva (cap.) (Romeu Ribeiro, 74'), Tiago Cintra (Raviola, 74'), Marco Matias, André Santos (Cristiano Araújo, 85'), Alexandre Sá, Fábio Faria (Miguel Vítor, 45'), Carlos Amaral e Marco Aurélio (André Carvalhas, 45').Suplentes não utilizados: Ricardo Neves e Ruben Lima. Treinador: António Violante.

Golos: Adrien Silva (45'), André Santos (65'), Tiago Cintra (67'), André Carvalhas (83') e Raviola (90'). Disciplina: Nada a assinalar.

FINLÂNDIA: Juha Tuomi; Tomi Fjader, Sakari Mattila, Kalle Makinen, Janne Tormanen, Akseli Pelvas, Patrik Lomski (cap.) (Valeri Minkenen, 69'), Joni Vuorinrn, Teemu Pukki, Riku Riski e Jesse Saarinen (Joachim Tuuri, 58').Suplentes não utlizados: Lukas Hradecky; Jere Halme, Werner Kaitila, Niko Tirkkonen e Tommi Siekkinen. Treinador: Kimmo Lipponen. Golos: Riku Riski (41'). Disciplina: Cartão amarelo exibido a Joachim Tuuri (66').

in site oficial da FPF

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=816191&div_id=1304

interesse em jogadores dos juniores como castro e rui pedro

8:37 da tarde  
Anonymous Jose Costa said...

Segundo se diz, o FC Porto impediu que jogadores do Candal fossem convocados para a selecção sub-18!


É verdade? Com que interesses? Quem são os jogadores do FCP que interessa colocar na Selecção?

1:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home