segunda-feira, novembro 05, 2007

Sub-17


FC PORTO 0 - 0 Leixões
"F. C. Porto não aproveita deslize da Naval
OF. C. Porto não soube tirar proveito da derrota da Naval na décima jornada do Campeonato Nacional de Juniores B, não conseguindo mais do que um empate sem golos frente ao Leixões, somando a segunda igualdade na prova. Apesar do deslize os dragões, líderes isolados da Série B sem derrotas, passaram a dispor de uma vantagem de dois pontos sofre os figueirenses, que perderam, em casa, com o Boavista, por 3-1.
F. C. Porto e Leixões empataram sem golos, um bom jogo de futebol. Depois de ter feito descansar os titulares na última jornada, António Pedro apresentou-se com a equipa principal frente aos azuis e brancos que sofreram três mexidas em relação ao "onze" que enfrentou as panteras - entradas de David e Anjo para as laterais, e de Dias para o meio-campo -, e no início do jogo notou-se algum desacerto no sector mais recuado, aspecto que foi sendo corrigido com o decorrer do tempo. Aos 4m, um canto de Amorim causou o primeiro calafrio, mas a bola foi aliviada pela defensiva leixonense. Na resposta, Pedro, no seguimento de um canto de Ricardo Valente, obrigou Rafael a esticar-se. Quatro minutos depois foi a vez de Caetano rematar a rasar o poste. Aos 17 m, Fábio Loureiro chutou por cima da barra e, cinco minutos depois, foi Ricardo Valente, de canto, a obrigar Rafael a defesa para a frente. Aos 34 m, Cardoso, isolado, desperdiçou a melhor ocasião da primeira parte, após desmarcação de David, não conseguindo desfeitear Sérgio. No minuto seguinte, Pipo foi derrubado na grande área pelo guardião matosinhense, mas o árbitro nada assinalou. Já na compensação, o mesmo Pipo atirou ao lado, após assistência de Claro junto à linha. Na segunda metade, as entradas de Sérgio Oliveira e Alex vieram dar outro fulgor ao ataque portista. As oportunidades continuaram a surgir para os dois conjuntos, embora com maior ascendente atacante dos dragões, que foram quem mais procurou o golo e esteve mais perto de o concretizar. Claro e Caetano dominaram as investidas azuis e brancas na área contrária, com os remates a levarem algum perigo. Do lado leixonense, Ricardo Valente era o jogador mais esclarecido, tendo desperdiçado uma boa ocasião, aos 50m, valendo o corte de Anjo. Seis minutos depois, foi Pipo a não aproveitar a baliza aberta. Aos 79 m, Fábio Loureiro desmarcou-se pelo lado direito, entrou na área e rematou cruzado, com a bola a passar em frente à baliza saindo pela linha lateral. Mesmo em cima do apito final, Caetano, o melhor em campo, teve nos pés uma excelente oportunidade, mas Sérgio defendeu para canto. Arbitragem razoável.
Jogo no Centro de Estágio do Olival, em Gaia. Árbitro Eduardo Cardoso (Porto). Cartão amarelo: Pedro (37), Alex, 48), Caetano (60) e Renato (76).
F. C. Porto: Rafael; David, Ramon, Hugo e Anjo; Dias (Sérgio Oliveira, 41), Cardoso (Alex, 41) e Amorim; Filipe, Caetano e Claro. Treinador José Guilherme.
Leixões: Sérgio; Pedro (Tiago Carvalho, 64), Torrão, Ricardo Correia e Renato; Alves, Stephwe e Ricardo Ferreira (Ivo, 63); Fábio Loureiro (Emanuel, 80), Moura e Ricardo Valente. Treinador António Pedro."
Susana Silva in JN

48 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não me digas, empataram, o arbitro não marcou nada a vosso favor, deve haver engano, nem um penaltizinho, nada mesmo

9:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É verdade, querida.
Foi isso mesmo que aconteceu.

9:31 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Somos Bondosos,nada mais!
E humildes... não somos máquinas.
E mesmo a ti, mais castigo e infelicidade do que o que já tens... tudo de bom,na mesma!
Agora vamos é, fazer as malinhas para o torneio inglês, PELE CHALLENGE em Sheffiel... a gente vê-se lá! Ok!?

9:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Foi dos jogos mais fraquinhos que o porto fez esta epoca

10:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

qyem vai pra inglaterra?

10:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

não sabem mais, no entanto andam enganadinhos, na segunda fase desaparecem............, viva o LEIXÔES!!!

10:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

os melhores pra fazer boa figura

10:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se forem jogar como hoje

11:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Prof Jose Guilherme é o maior palhaço que já vi a treinar um clube e como alguns animais conhecidos não dá o braço a torcer ... que equipa é esta que não ganha 1 jogo á vontade na primeira fase ... ainda diziam mal dos antigos sub-17 . Continue Professor que assim só vai mesmo conseguir treinar camadas muitooooo jovens . Já agora ... resolva de uma vez por todas a sua sexualidade e deixe de torturar os miudos que não têm culpa de o terem encontrado no seu caminho.
Deixe-me também perguntar (pois eu já percebi que também frequenta este blog )acha que a equipa está a jogar alguma coisa ... Vou enunciar as dificuldade:
1-Naval Ganha injustamente
2-Sanjoanense Empata injustamente
3-Feirense Ganha injustamente
4-Boavista Ganha Muito Injustamente
5-Leixões Empata ?????

Tenho a certeza absoluta que se vai dar mal na segunda fase e ai sim espero que o F.C.P faça o que já quis fazer anos atrás... Mandá-lo para um clube da sua dimensão ... Talvez o Espinho (Não sei se o aceitam mas ...)
Já agora nem os seus titulares felizes concordam com as suas escolhas perdendo assim a sua credibilidade junto destes . Ja agora onde se formou ? Na UNiversidade Independente ? Nem uma palavra de inglês fala !!!! Depois é só recalcamentos .
Para os miudos é só 1 ano pois no próximo já o esquecem ... Vão encontrar muita gente má como o Prof. durante o percurso de vida. Provavelmente saberá quem eu sou pelas palavras que escrevo mas se tiver coragem de me dizer lhe direi pessoalmente o quanto é mau treinador e pessoalmente pessoa ...
O Porto tem um problema de gestão pois não sabem que quando se começa um projecto novo têm que se eliminar doa a quem doer os elementos de chefia de projectos anteriores.

12:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Esse Sr. q esta a dizer mal do prof Guilherme é um pulha!
Nao sei se sera pai de algum dos q n joga mas nada justifica faltas de respeito como aludir a sexualidade, o falar ingles ou o que quer que seja.
O prof. Guilherme é um treinador de topo, duas vezes campeao nacional e reconhecidamente um grande Homem e um grande treinador a quem o Porto muito deve.
O porto cedeu ate ao momento 2 empates o que nao é nada de mais mas ha pessoas que querem logo aproveitar para denegrir o trabalho de pessoas serias como o Prof.
As equipas do Prof têm sp excelente futebol e mtas vitorias.
Qt ao recalcado que falou é melhor tar caladinho e levar o filho pro espinho (se é que la o aceitam...)

Madjer desculpa mas acho que devias ter mais cuidado ao aceitar comentarios como o anterior que afectam repletos de faltas de educaçao e mau tratameto a Homens grandes do nosso clube. Discordar é uma coisa mas insultar é outra. Espero que nao leves a mal o reparo!

Saudaçoes portistas

3:01 da tarde  
Anonymous Abel said...

É verdade sim senhor, está cheio de afilhados e só tem tido sorte, o ano passado foi campeão porque tinha uma super-equipa e mesmo assim não foram os afilhados que lhe seguraram o campeonato.

3:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meus Caros nunca se esqueçam dos favores dos arbitros, tipo 2 golos anulados ao Boavista, será que teve haver com a sexualidade, não , não creio era baixo demais.

Saudações Desportistas

4:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o pior e ke para os afilhados estarem lá...alguns tiveram de sair
e para sair alguem ke seja pelo valor e nunca seja por favores a outros...
por isso e ke se ve muitos jogadors noutros clubes a darem cartas e os do porto a serem emprestados as 2 divisoes B's...
kem fala do porto fala do benfica
abrem os olhos...nunca se eskeçam ke para beneficiar uns prejudicam outros...mas la no fundo kem sai prejudicado é a instituiçao

5:29 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Só porque não são convocados, acham-se no direito de faltar ao respeito, serem mal-educados e insultar as pessoas?
Isso só prova que as opções tomadas foram as melhores

5:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Guilherme é um Senhor,´é um treinador de alto nível e merece ser respeitado!!!
Força Guilherme

6:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Guilherme é um grande treinador e merece ser respeitado!!!

Força Guilherme

6:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Madjer desculpa mas nao percebi pq n tiraste aquele comentario vergonhoso do sr.recalcado. Está em causa a dignidade, respeito e educaçao q sempre imperaram no teu blog. Nao queiras abandalhar isto... permitir q s chame palhaço, homossexual, analfabeto a um grande treinador do nosso clube (e fosse ele d qq outro) é inconcebivel!

Espero q repenses a tua posiçao.

8:47 da tarde  
Blogger Madjer said...

"Só porque não são convocados..."
No actual FC PORTO Juvenis, não há não convocados.
Todos são convocados.

9:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Entendo o comentário do anónimo como um "desabafo", porventura excessivo.
Não me parece que a palavra Homossexual tenha sido usada.
Já me parece bem mais insultuoso dizer-se que foi 2 vezes campeão nacional, uma das quais nos iniciados do ano passado.
É que de um treinador do FCP há quase 20 anos esperar-se-ia bastante mais.

9:19 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

OK, convocados são todos.
Mas só o facto de não respeitarem as decisões, ou não jogarem o tempo que desejariam, não têm o direito, nem razão, para serem mal educados!!!
O mal, é talvez preocuparem-se mais com a imagem(?), não aceitarem opções(?), não serem bem educados(?), não terem cultura(?), não treinarem devidamente(?)...
Pensava eu, que aqui se escrevia sobre desporto... pensava eu...

9:48 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

O FCP está em 1º, não tem derrotas... hoje é hoje e não ontem nem amanhã. Há que viver um dia de cada vez.
Comentários vergonhosos, só nos juvenis? Estranho...

9:55 da tarde  
Blogger Madjer said...

F. C. Porto não aproveita deslize da Naval


Susana Silva

OF. C. Porto não soube tirar proveito da derrota da Naval na décima jornada do Campeonato Nacional de Juniores B, não conseguindo mais do que um empate sem golos frente ao Leixões, somando a segunda igualdade na prova. Apesar do deslize os dragões, líderes isolados da Série B sem derrotas, passaram a dispor de uma vantagem de dois pontos sofre os figueirenses, que perderam, em casa, com o Boavista, por 3-1. Esta vitória permitiu às panteras protagonizar as únicas mexidas na tabela, ascendendo ao quinto lugar, por troca com a Académica (sexto), que perdeu com o Pasteleira (sétimo), por 1-0.

Quanto aos leixonenses estão na terceira posição, a cinco pontos dos azuis e brancos e com mais um do que o quarto classificado, Feirense, que bateu o Tourizense (1-0).

O Padroense venceu o Sporting de Espinho (3-0) e continua na oitava posição, com os mesmos pontos do Pasteleira, que viveu uma situação insólita na ronda passada, com o árbitro a não permitir que treinadores e delegado se sentassem no banco de suplentes, devido às acreditações estarem, supostamente, fora de prazo, quando na realidade o clube tinha autorização federativa para as utilizar até ao início de Dezembro. A quatro pontos da equipa do Padrão da Légua está a Sanjoanense, que ganhou, por 3-0, devido à falta de comparência do Moimenta da Beira (o clube alega não ter tido conhecimento de que o jogo tinha sido antecipado para as 9 horas), afundando-o ainda mais na classificação - é a única equipa do grupo que ainda não pontuou.

Na Série A, o Braga não conseguiu mais do que um empate frente ao Penafiel, caindo do segundo para o terceiro lugar, enquanto o adversário desceu para quinto. Este desaire foi aproveitado pelo Freamunde para assumir a vice-liderança, após o triunfo sobre o Paços de Ferreira (1-0), com menos um ponto do que o comandante Guimarães, que se impôs ao Cerveira (3-0). A igualdade entre bracarenses e penafidelenses também beneficiou o Varzim, que bateu o Famalicão (4-1), subindo ao quarto posto. O Vianense derrotou o Mirandela (3-0) ascendendo ao sexto lugar.

O campeonato vai estar parado uma semana, retomando as emoções no próximo dia 18.



F. C. Porto0



Leixões0

F. C. Porto e Leixões empataram sem golos, um bom jogo de futebol. Depois de ter feito descansar os titulares na última jornada, António Pedro apresentou-se com a equipa principal frente aos azuis e brancos que sofreram três mexidas em relação ao "onze" que enfrentou as panteras - entradas de David e Anjo para as laterais, e de Dias para o meio-campo -, e no início do jogo notou-se algum desacerto no sector mais recuado, aspecto que foi sendo corrigido com o decorrer do tempo. Aos 4m, um canto de Amorim causou o primeiro calafrio, mas a bola foi aliviada pela defensiva leixonense. Na resposta, Pedro, no seguimento de um canto de Ricardo Valente, obrigou Rafael a esticar-se. Quatro minutos depois foi a vez de Caetano rematar a rasar o poste. Aos 17 m, Fábio Loureiro chutou por cima da barra e, cinco minutos depois, foi Ricardo Valente, de canto, a obrigar Rafael a defesa para a frente. Aos 34 m, Cardoso, isolado, desperdiçou a melhor ocasião da primeira parte, após desmarcação de David, não conseguindo desfeitear Sérgio. No minuto seguinte, Pipo foi derrubado na grande área pelo guardião matosinhense, mas o árbitro nada assinalou. Já na compensação, o mesmo Pipo atirou ao lado, após assistência de Claro junto à linha. Na segunda metade, as entradas de Sérgio Oliveira e Alex vieram dar outro fulgor ao ataque portista. As oportunidades continuaram a surgir para os dois conjuntos, embora com maior ascendente atacante dos dragões, que foram quem mais procurou o golo e esteve mais perto de o concretizar. Claro e Caetano dominaram as investidas azuis e brancas na área contrária, com os remates a levarem algum perigo. Do lado leixonense, Ricardo Valente era o jogador mais esclarecido, tendo desperdiçado uma boa ocasião, aos 50m, valendo o corte de Anjo. Seis minutos depois, foi Pipo a não aproveitar a baliza aberta. Aos 79 m, Fábio Loureiro desmarcou-se pelo lado direito, entrou na área e rematou cruzado, com a bola a passar em frente à baliza saindo pela linha lateral. Mesmo em cima do apito final, Caetano, o melhor em campo, teve nos pés uma excelente oportunidade, mas Sérgio defendeu para canto. Arbitragem razoável. SS

Jogo no Centro de Estágio do Olival, em Gaia. Árbitro Eduardo Cardoso (Porto). Cartão amarelo: Pedro (37), Alex, 48), Caetano (60) e Renato (76).



F. C. Porto Rafael; David, Ramon, Hugo e Anjo; Dias (Sérgio Oliveira, 41), Cardoso (Alex, 41) e Amorim; Filipe, Caetano e Claro. Treinador José Guilherme.



Leixões Sérgio; Pedro (Tiago Carvalho, 64), Torrão, Ricardo Correia e Renato; Alves, Stephwe e Ricardo Ferreira (Ivo, 63); Fábio Loureiro (Emanuel, 80), Moura e Ricardo Valente. Treinador António Pedro.

12:30 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Treiador há 20 anos?? ta tudo maluco so pode!!! conta as epocas q o prof. foi treiador principal no porto e os titulos q conseguiu!! 20 anos???? vcs n sabem o tao a falar... so pode!
Aproveito para informar q o porto vai em primeiro e apenas cedeu dois empates.
Nao foi usado o termos homossexual mas se leres o cometario o q depreender de "duvidas sobre a sexualidade"???
Continuo a achar escandaloso e recuso-me a participar mais neste tipo de discussao pq ja vi q n estao de boa fé!
Informem-se antes de saciarem essa sede de sangue, esse odio!

Fiquem bem

Aluno do Prof.

10:39 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Tenho que esclarecer alguns pontos em relação ao que escrevi que tanta polémica deu ( e ao que parece algumas pessoas com responsabilidade no FCP reagiram com emoção, provavelmente as mesmas pessoas que lucram e influenciam as decisões do Professor)...

"Sexualidade mal resolvida"

Passo a explicar porquê fazendo algumas perguntas:

1º Porquê o culto da personalidade enaltecendo jogadores diante dos outros todos (Nos treinos,nos jogos e no balneário)?

2º Porquê convocar todos os jogadores quando todos eles já sabem quem vai jogar,quem vai ao banco e quem vai para a bancada ?

3ºPorquê existirem jogadores que ainda não realizaram ainda 1 minuto de jogo? São assim tão maus ?
4º Porquê continuar a apostar em jogadores que até têm estado menos bem em vários jogos ? E os que não jogam são cegos ???
5º Porquê mandar todos os pais reconhecer assinaturas para torneios quando levou todos os jogadores que costuma utilizar ?

E ainda outras mais pertinentes que não posso escrever por medo de retaliações em quem não tem culpa nenhuma.

Sim continuo a afirmar que tem uma sexualidade mal resolvida (não no sentido de ser gay mas sim um grande sádico) pois só um pessoa com grandes problemas psicologicos trata assim os atletas que sacrificam varias coisas na vida para treinarem com afinco ( Só espero que os filhos do Prof encontrem alguém como ele no seu percurso de vida )

" Analfabeto "

Sim fico perplexo como alguém tão distinto não fale inglês nos dias de hoje ... para mim só revela desleixo pois nada mais fácil do que aprender inglês nos dias de hoje ... Esse desleixo passa para os atletas que pensam assim que o mundo se esgota no futebol .
Sr. Director ofendido provávelmente também não fala inglês por isso nem sequer entende o que quero dizer .

"Palhaço"

Foi o comentário mais carinhoso que me ocorreu para alguém com tão mau caractér ...podia ter utilizado outro adjectivo mais comum no FCP...

" Campeão Nacional "

É o minimo que pode acontecer a quem treina as camadas jovens do FCP.

Conclusão : Todos os meus comentários são no sentido do Sr.Prof fazer uma instropecção e mudar ( embora não acredite) e pensar que por tido uma má infancia não tem que penalizar os seus pupilos...
Como disse anteriormente para os pupilos actuais só o vão aturar 1 ano quer fiquem no Porto ou não ...
Já agora eu respeito os homossexuais por isso para mim se o fosse não teria nenhum problema...desde que não molestasse os miudos...chamar homossexual nos dias de hoje não é despeito ...deixem de ser tacanhos.
Para os pais ofendidos- Lembrem-se sempre que os próximos a sofrer vão ser os vossos filhos por isso analizem o que se está a passar e ponderem a decisão de defenderem esta situação .
Para o aluno ofendido- Como aluno e não carneiro deve de alertar o Prof para os erros que comete e não olhá-lo como um Deus ...Só se for um aluno mediocre que tem que engolir tudo o que lhe dão e calar
Para o Madger - Não se intimide pois um Blog tem como finalidade expressar os pensamentos dos seus utilizadores e o Madger não é responsável pelas opiniões destes...A Censura já acabou há muito...

2:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

eu pelo qu tenho visto o porto com aquele plantel devia fazer mt melhor...o prof,s fosse assim tao bom estava nos seniores nao andava pelas camadas jovens..pense nisso!!!

3:53 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Um aluno a dar o exemplo!
Está (e não será decerto o único!), de PARABÉNS!
Assim, sim!

3:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Até que enfim se vê algo honesto neste blog...O comentário do anónimo reflecte todo o nosso sentimento, somos portistas independentemente de os nossos filhos estarem no clube, há que ter coragem e afirmar-lo, gostava Madger que este blog fosse lido pelos dirigentes e que o teu blog servisse para acordar ou "matar" todos os "chulos" que rodeiam o nosso clube, sou sócio desde 1965 e lamento por vezes estes desabafos.

4:37 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

Censura, não... mas insultos, sim???
Que mundo!!!
Na tua casa, mandas tu...
Não estás bem? Porque não mudas?
É tão simples!

5:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Desde quando opiniões são insultos...Não transforme o sentido das palavras para assim não terem o impacto que devem ter...Ninguém está a insultar mas sim a constatar. Em relação aos pontos apresentados pelo anónimo digam se conhecem o que está errado por favor...

6:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Os juvenis perderam 3 a 0 com o S. Paulo

9:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

GUILHERME É UM EXCELENTE TREINADOR, MADJER POR FAVOR ELIMINA ESSE ANIMAL QUE ANDA A FALAR MAL E DO NOSSO TREINADOR SÓ DEMONSTRA QUE NÃO TEM PRINCIPIOS....RUA COM ELE

10:22 da tarde  
Blogger Madjer said...

É este o momento para finalmente dizer alguma coisa a propósito do comentário que "incendiou" o blog.
Por motivos que para aqui não interessam, eu estive ausente e publiquei os comentários sem os ler.
Que me lembre retirei 1 comentário que alguem considerou, e bem, racista.
A censura não é coisa para a qual eu sinta grande vocação.
No entanto, e dadas as reações inflamadas, fui ler o comentário com a atenção que a situação impunha.
Apenas encontro UMA palavra que poderá ser considerada excessiva:
PALHAÇO.
Tudo o resto é mera opinião, porventura excessiva e sarcástica, mas não passa de uma opinião, que legitima opiniões diferentes.
Quem escreveu, já se justificou e explicou o que quis dizer com cada palavra.
De facto, em momento nenhum a palavra homossexual foi utilizada.
O resto, é menos ofensivo do que o "PULHA" que alguem escreveu.
Este comentário teve ao menos o efeito de provocar a discussão sobre a equipa de sub-17 que tem vencido, mas não convencido, com exibições muito boas e outras mediocres.
A esta alternancia não é estranha a constante mudança do 11, de forma radical e em zonas onde não costumam acontecer.
É inusitada esta insistencia em dar a titularidade aos jogadores mais novos, em detrimento dos que ainda o ano passado mostraram uma performance fantástica no Padroense.
Mais estranho, ainda, é a não utilização de alguns jogadores, volvidas que estão 10 jornadas.
É uma atitude muito estranha mesmo, quando parece que esta implementada a ROTAÇÃO de APENAS alguns jogadores, e logo dos que tem sido muito justamente os mais destacados como sendo dos mais influentes na manobra da equipa.
Finalmente, não sou eu a pessoa indicada para me pronunciar sobre as capacidades do Prof. Guilherme como treinador de futebol e muito menos como pessoa.
Nem sou treinador, nem psicólogo, mas apenas alguem que gosta do futebol juvenil.
Deixarei para quem saiba as opiniões técnicas, quantos ás outras "PASSO".
Espero ter sido esclarecedor.
Obrigado pelos vários contributos.

11:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A opinião como sempre isenta e com sabedoria do Madger o que só prova que as minhas palavras têm eco em quem tem uma atitude isenta ...analisem bem o comentário do Madger e verão o quanto coincide com a minha opinião...E acrescentou ainda algo que não tinha sido comentado, o porquê de só rodar jogadores que na maioria das vezes são os melhores em campo.Já agora PULHA e ANIMAL são bem mais ofensivos que PALHAÇO .

11:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Madger, Sabes quem jogou em Sheffield?

11:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Pronto ja percebi que isto é só para os aziados!! A justificação para aquela da "sexualidade mal resolvida" está no mínimo rídicula! Isso é na minha opinião é mt ofensivo!
Palhaço é insulto em todo lado menos no circo mas se acham esse adjectivo adquado aos padrões da educação...
Acusar de não saber inglês é uma estupidez tendo em conta que o Prof. é um grande senhor do meio académico, profundissimo conhecedor do jogo de futebol o que alias é atestado pelos resultados práticos que as suas equipas têm tido. As equipas do Prof. jogam mt e bem e dos 4 jogos q vi dos juvenis este ano fiquei bastante agradado já para não falar da epoca passada ou dos juvenis do tempo do Ivanildo, equipas que jogavam de uma forma soberba! Se nao sabe ingles talvez seja porque da aulas na faculdade, treina os juvenis do Porto, dá cursos de treinador, creio que terá familia...

Enfim ate parece ridiculo tar aqui a defender o Prof. Ele nem deve tar tao afectado como eu mas como conheço o excelente trabalho dele e conheço o seu carácter, custa-me ler tantas barbaridades apenas pq ele, como qq treinador, tem as suas preferencias...

Eu penso que os pais ao porem as culpas nos treinadores só estao a prejuducar os seus filhos. Deviam era incentiva-los a serem homens, a trabalhar mais e melhor, a nao serem amuadinhos, a lutarem. Mas em vez disso querem é esfolar o treinador que VAI EM PRIMEIRO E SO EMPATOU 2 JOGOS!

Eu, embora seja portista, ate trabalho num clube rival e sp que posso ir ver jogos dos juvenis do Porto vejo que ha ali trabalho e organizaçao!

Por ultimo, ate compreendo que comentarios daquele tipo proporcionem "grandes audiencias" mas cabe-te a ti Madjer saber se queres tornar este blog no CANTINHO DOS AZIADOS ou um local de discussao séria com o nosso CLUBE como principal bandeira em vez de individualizar os interesses de cada um. Compreendo a frustraçao de quem nao joga e gostaria de jogar mais (alias mau era se assim nao fosse) mas acho que ha limites para manifestar isso sem atingir os valores das pessoas!

9:59 da tarde  
Anonymous de anónimo para anónimos said...

ASSIM, SIM!

Já agora, FCP venceu o Sheffield por 2 a 0.

10:51 da tarde  
Blogger Madjer said...

e ao que parece ontem não mereceu ser derrotado.
2 bolas no ferroe sofreram 2 golos nos ultimos minutos

10:59 da tarde  
Anonymous de anónimos para anónimos said...

mdjer disse:
É este o momento para finalmente dizer alguma coisa a propósito do comentário que "incendiou" o blog.
Por motivos que para aqui não interessam, eu estive ausente e publiquei os comentários sem os ler.

Desculpa, mas para quem está mais atento:
Mas tives-tes tempo para responder a questões que surjiram, muito depois, do vergonhoso comentário!!!

10:59 da tarde  
Blogger Madjer said...

Apenas respondi ao que disseste sobre os não convocados, o que como compreenderás não obriga a grande reflexão ou perda de tempo.
A minha "ausencia", foi a incapacidade para prestar grande atenção ao que ia surgindo.
Evidentemente que quando comecei a ler alguns dos comentários que se insurgiam contra o " tal comentário" me apercebi que alguma coisa se estava a passar.
Não nego que eliminar o comentário foi uma das hipóteses que me passou pela cabeça, mas acabei por decidir o que disse mais atrás.
Com isto não quero dizer que a vossa interpretação do que foi escrito seja errada, mas apenas que a minha foi diferente.
Aceito que haja perspectivas diferentes, porventura melhores e mais correctas, mas entendi de forma diferente, mais ainda depois do "anónimo" ter vindo esclarecer o que quis dizer.
Espero ter esclarecido mais uma vez a minha posição.

11:19 da tarde  
Blogger Madjer said...

Uma ultima coisa:
a análise relativa ás constantes mudanças no 11, á insistencia em alguns jogadores, os ZERO segundos de 2 jogadores e os pouquissimos de outros em 800 MINUTOS de jogo, são simples constatações, são factos, comprováveis pelas fichas de jogo que o JN vai publicando.
É aí que me parece haver alguma incoerencia, como resultado da fria análise dos numeros.
Quanto aos resultados desportivos, só poderiam ser melhores sem os 2 empates, como diria laPalice.
De resto, do que li nos sites ingleses e do spfc a equipa está a jogar a alto nível, não merecendo a derrota de ontem, lembrando que as outras equipas são sub-18.

11:28 da tarde  
Blogger Madjer said...

Um comentário final para sintetizar a minha opinião sobre o que tem sido escrito.
PONTO PRÉVIO: isto aplica-se a treinadores de qualquer escalão, é GENÉRICO não só para este treinador!
Um treinador de futebol é um homem como eu ou vocês.
O que ele faz, as suas decisões, as boas e as más são passiveis de critica.
Os dogmas da INFALIBILIDADE são do dominio do RELIGIOSO, não do futebol.
Que haja quem pense que um treinador, só por o ser é o DEUS do balneário, que todas as suas decisões são correctas e inatacáveis é uma posição que nunca subscrevi, nem subscreverei.
ENDEUSAR um treinador é qualquer coisa que nem ao diabo lembraria.
Para os que aqui vieram apoiar incondicionalmente, retirando qualquer legitimidade a quem criticou, pergunto - COMO EXPLICAM QUE O NOSSO PRESIDENTE DESPEÇA TREINADORES?
Eles não serão tambem INFALIVEIS, uma vez que sendo TREINADORES devem ter o PODER ABSOLUTO?
Ou por se tratar de adultos a coisa é diferente.
A exigencia ao nivel da FORMAÇÃO, deverá ser ainda MAIOR, por se tratar de jovens.
Que formação querem vocês dar aos nossos miudos? COME e CALA?
O futebol não é, com po devido respeito, uma MADRASSA, nem a CATEQUESE.
Não estamos perante questões de FÉ, que obrigam a que se aceite tudo em nome de um ENTE SUPERIOR.
O treinador será esse ENTE com cujas decisõe todos se devem CONFORMAR?
Penso que não.
O mundo evolui porque há quem não se CONFORME.
Se assim não fosse, o futebol ainda seria jogado como á 100 anos.
Para que não comecem os apaniguados a tentar DETURPAR o que escrevi e a atacar-me por isso, vou deixar aqui a opinião de alguem que todos nós ADMIRAMOS e RESPEITAMOS a propósito do chamado CASO VICTOR BAÍA.
Que me lembre, o PRESIDENTE PINTO DA COSTA, por várias vezes CONTESTOU, e com toda a RAZÃO o facto do seleccionador nacional Scolari ter deixado de fora das suas convocatórias o MELHOR guarda redes portugês de todos os tempos.
Todos concordamos com essa posição. O Scolari não é treinador de futebol, então pelo que vocês dizem não pode ser criticado pelas suas opções.
Mas foi. E MUITO BEM, porque ser treinador não lhe concede o DOM da INFALIBILIDADFE.
Em tudo o que fazemos existe a possibilidade de ERRO, porque não no futebol?
Não é o prof. Guilherme que está em causa, nem qualquer outro treinador, lembro a propósito que um dos nossos grandes treinadores o Prof. ILIDIO VALE, foi campeão e pôs fim a uma muito longa ligação ao FC PORTO.
Não discuto a COMPETÊNCIA, o MÉRITO, e muito menos a PESSOA, apenas ponho em causa a forma como alguns entendem que não é possivel dar OPINIÃO sobre futebol.
Manter a opinião em nivel elevado é sempre o meu objectivo, mas isso nem sempre depende de mim

10:33 da manhã  
Anonymous de aónimo para anónimos said...

Mesmo havendo motivos para criticar, seja o que for, uma coisa é exprimir, como o "tal" comentário, a outra, é como o acabas de fazer, com postura e de uma forma sem dúvida, CIVILIZADA!

Tudo de bom e nunca, mas mesmo nunca baixar os braços.

11:45 da manhã  
Blogger Madjer said...

O Presidente Pinto da Costa sobre Scolari

«A minha convicção é que se o Ricardo Quaresma, considerado por muitos como o melhor jogador do Campeonato, ou o Vítor Baía, não cabem nesta Selecção, então Portugal tem de ser apontado como o grande favorito ao título mundial», começou por dizer o presidente do FC Porto, que até garantiu não estar surpreendido com a ausência do jogador no Mundial: «Era claro que, da mesma forma que não chamaria o Vítor Baía, também não o faria com o Ricardo Quaresma.» Prosseguindo num tom muito crítico, Pinto da Costa não precisou de pensar para encontrar as razões que, no seu entender, levaram Scolari a prescindir de Quaresma para a Alemanha. «Não conhece os jogadores do FC Porto, porque nunca foi ao Estádio do Dragão ver os nossos jogos. Se não vê os jogos do FC Porto, como pode convocar os seus jogadores? Não sei se os vê na televisão, mas se calhar não passam as imagens correctas. Quem não vê não pode conhecer e quem não conhece não pode ter uma opinião.» Sem se conter, Pinto da Costa recuou no tempo e quis mostrar que o trabalho de Scolari, tão elogiado pela campanha de Portugal no Euro-2004, não tem, no seu entender, tanto valor assim. «Ele não é, nem seria, o meu treinador, é técnico da FPF e eles é que têm de o avaliar. Para mim, um treinador que perde uma final com a Grécia, que nem sequer se qualificou para o Mundial, em casa, com um país inteiro a puxar pela equipa, é um desastre. Pelo menos se estivesse no FC Porto eu consideraria isso como um desastre. Mas o Presidente da República condecorou treinadores, jogadores e roupeiros por terem conseguido o segundo lugar... Se fosse no FC Porto o treinador teria terminado de imediato as suas funções. Mas para a FPF foi motivo para renovar», atirou, antevendo depois aquilo que vai acontecer após o Campeonato do Mundo: «Acho que vai continuar, porque vai ser Campeão do Mundo. Se por ter perdido a final no Euro foi um herói, ganhando o Mundial vai, por certo, continuar.»

12:09 da tarde  
Blogger Madjer said...

Voltando a Scolari, Pinto da Costa manteve certas críticas do passado: “O facto de não convocar o Vítor Baía quando era considerado pela UEFA o melhor guarda-redes da Europa é paradigmático”.

12:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ainda bem que Scolari nao vai ao dragao ver os jogos, porque senao saía desiludido com a actuaçao de Quaresma, malandro e preguiçoso, só joga 5 minutos em 90, razao esta que porque é assobiado muitas vezes nos jogos e é reconhecido por ele próprio, é que a televisao nao o foca 90minutos para ver o seu comportamento, quando as jogadas estao noutros jg.

2:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mas disse que não se podia pôr em causa as opções??
Atenta nos pontos que eu censurei... foram todos eles relativos a ofensas que nada têm a ver com a competência do prof enquanto treinador como o falar ingles, a sexualidade mal resolvida, a infancia infeliz, o palhaço, mau caracter, má pessoa...

Se o sr. aziado escreve-se que na opiniao dele o jogador (X) deveria jogar em vez do jogador (Y) nao tinha mal nenhum... ate podia estar errado!

3:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não estavam a falar do Prof. Guilherme? já vai no Scolari, agora digo este é mesmo "roto", o Prof. quanto a mim é um digno homem

4:38 da tarde  
Blogger Madjer said...

Concerteza que sim, nem nunca disse o contrário.
Aliás, o que deixei escrito não é dirigido especialmente ao prof. Guilherme, foi uma tentativa de reflexão ( nome pomposo ) sobre o que é SER treinador.

6:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home